sábado, 23 de janeiro de 2010

Seres abomináveis!

Todo mundo fala que os adolescentes são estranhos, anti-sociais, mal educados e criticam nosso jeito de vestir, falar, ou até mesmo o modo que se portamos na internet. 
Acontece que os verdadeiros seres estranhos dessa Terra não somos nós. 
Agora mesmo eu estava tentando dormir na casa da minha vó e não consegui, porque tinha um monte de moleques gritando e correndo no meio da rua. É tão difícil assim se comunicar decentemente? Precisa ficar gritando para a rua inteira que a pipa está no telhado do vizinho? Tenha dó! 
E os adultos protegem essas criaturas só porque, ainda, são bonitinhas e "puras". Ah, aqueles muleques são mais maliciosos do que eu!
Dai eu levantei de mau-humor (óbvio) e fui escrever. A melhor coisa que eu poderia fazer. Porque minutos antes, eu estava discutindo com a minha tia que, para variar, é adulta. Pelo simples motivo que eu não gostei do uniforme da escola nova (aquela que eu vou ter que ir semana que vem contra a minha vontade). " Sua mãe sabe o que é melhor para você, por isso que ela está te mudando de escola. Você acha que eles são burros é isso?" Poxa, eu não disse nada! Pára com o discurso pelo amor! Se não eu traumatizo! O.o Tipo assim, "posso ter a minha opinião?! Mesmo que seja insignificante para vocês? Também sou gente tá! Só achei o uniforme brega, e que eles tratam a gente como criança. Posso?" Tá, eles acham que eu sou criança. Mas eu não me comporto como tal. Se me comportasse, deixaria me tratarem assim. (mas pra emprestar dinheiro e lavar a louça eu não sou criança né? hahá engraçado -.-)  Ser criança não é sinonimo de retardo mental meus amores. (;
Tem um monte de adulto por aí, que merecia ser tratado dessa forma e não são. Os que mentem, os que roubam, os que traem, batem em quem não tem como se defender, matam. Se eu for me tornar isso quando eu crescer, prefiro continuar assim.
Prefiro ficar presa no meio de minhas opiniões, do que no meio de seres abomináveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário