sábado, 20 de fevereiro de 2010

O que faz você feliz?



O que faz você feliz? A lua, a praia, o mar... Uma rua, passear, uma dança, um beijo, ou goiabada com queijo? Afinal, o que faz você feliz? Chocolate, paixão, dormir cedo, acordar tarde, arroz com feijão, matar a saudade? O aumento, a casa, o carro que você sempre quis... Ou são os sonhos que te fazem feliz? Um lápis, uma letra, uma conversa boa, um cafuné, café com leite, rir à toa... Um pássaro, um parque, um chafariz. Ou será um choro que te faz feliz? A pausa pra pensar, sentir o vento, esquecer o tempo. O céu, o sol, a pessoa ou o lugar... Agora me diz, o que faz você feliz?

Aquela comida caseira, brincar a tarde inteira... O molho do macarrão, ou é o cheiro daquela cebola fritando que faz você feliz? O papo com a vizinha, o bife, a batatinha. Um doce ou um desejo
Ficar de bobeira, assaltar a geladeira, comer frango com a mão, tomar água na garrafa, passar azeite no pão. Ou é namorar a noite inteira que faz você feliz? Brindar à toa, um filme, fazer um dia normal virar uma noite especial... Comer morango com a mão, pôr açúcar no abacate. Brincar com melão, goiaba, romã, jabuticaba. Ou é o gostinho de infância que te faz feliz? Cuspir sementes de melancia, falar besteira, ficar sem fazer nada, plantar bananeira ou comer banana amassada... Afinal, o que faz você feliz?
Abrir a janela, comer na panela, viajar pela rua, o mundo da lua. Ensaiar o passo, correr para o abraço. Ou é andar descalço que faz você feliz? Será que é cuidar da gente, cuidar do planeta, fazer diferente, fazer melhor? Ficar na cama, só mais um pouquinho! Comer um boliinho, fazer um carinho, se espreguiçar... É isso que faz você feliz? Ou é, adivinhar o desejo, um estalinho de beijo. Um mar de paixão. Uma bela salada, miolo de pão? Talvez, a macarronada, brincar de nada. Fazer de tudo, fazer o que você sempre quiz. Me diz, o que faz você feliz também faz, alguém feliz?

Obs: Texto retirado do comercial do Pão de Açúcar.

É, é a família moderna .


São três horas da manhã, acabei de chegar em casa.
Eu não estava na balada, nem com os meus amigos, nem zanzando pela rua. Estava com meus pais mesmo. Na verdade com a minha mãe, porque meu pai estava dormindo em casa (ele já tinha gastado a cota dele de sexta).
Sabe o que é ter aqueles pais moderninhos? Pois é, são os meus!
As pessoas ficam tão impressionadas quando eu conto que meu pai tem twitter… Não sei o porquê. É tão normal para mim… Ele fez twitter primeiro que eu, e se ele não tivesse me mostrado, eu não teria feito. Ele que me deu a idéia desse blog. O computador ele que sabe qual é o mais avançado, qual é o melhor. O celular que eu ganhei de aniversário, eu nem sabia que existia! kk Meu pai que me ensinou a usar, foi ele que instalou os programas…
Para uma adolescente do século XXI, eu sou muito noob perto dos meus pais. kkk
Esses dias minha mãe estava me convencendo a comprar um sapato que eu queria! Dá para acreditar? Não era ela que tinha que dizer "você gasta de mais menina!" "controle o seu dinheiro" "gaste com coisas mais úteis".
As vezes eu pareço a mãe da história, porque só eu sou a "natureba" da casa, não bebo, gosto de salada, frutas e legumes. E eles não! Não deveria ser ao contrário?
É, eles me ensinaram muito bem mesmo.
Esses dias minha mãe estava ansiosa para eu terminar um livro para ela começar, eu sou a que recomendo os livros aqui em casa! Eles também gostam de ler, mas não era pra eles ficarem insistindo como loucos para eu pegar um livrinho sequer para ler?
Acho que é porque eles me deram a base desde cedo. Eles não precisam ficar insistindo, eu sei das minhas responsabilidades e as cumpro. Por exemplo, eu sei que eu vou ter que acordar 10:00 da manhã, mas estou escrevendo. Sei que tenho um horário pra cumprir e vou fazer o possível para não enrolar muito tá mãe?hihih
O caráter e o jeito de uma pessoa, desenvolve até os sete anos. Eles fizeram o suficiente até lá. Por isso sou organizada e bem resolvida.
Minha família é perfeita sim, perfeita para mim. E por isso que pode acontecer o que for, eu sempre tomarei as decisões corretas. Tudo isso, por causa da dedicação e da atenção, de uma família estável que me ama.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Um quando, vencedores!

 Um dia, Uma hora, um talvez. Tudo isso vai alcançar você. Não adianta mais correr. 
 O acaso, o praxe, o fácil. É complicado de mais para se saber.
 A dor, a solidão, o tom. São melodias de uma mesma canção.
 A vida, o viver, o sentimento. Emoções! Emoções que desaguam no mesmo mar do qual nunca vemos.
 Porque temos que sentir? Porque temos que chorar? Não podemos ser só robôs, que nunca tem nada a dar?
 Ninguém nunca disse que a vida iria ser fácil, nascemos para lutar. Ajudar, a quem nunca nos estendeu o braço. 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Festa da Carne

 Ah, o carnaval! Ligo a televisão e me pergunto: o que aquelas mulheres semi nuas representam? Eu não vejo graça nenhuma em ver aqueles carros coloridos passando. Será que só eu sou anormal nesse planeta? Estou errada em ficar mais feliz no Natal? 
 Reportagens mostram, e nem precisamos de reportagens para saber, que é nessa época que aumentam os índices de mortalidade, HIV, etc. Não quero ser pessimista, é só a realidade. As pessoas bebem para mostrar que estão felizes! E o que eu não entendo, é por quê as pessoas ficam tão felizes nessa época. Depois quando eu falo que são todos loucos, me chamam de lunática.
 Eu não sabia o que o carnaval comemora e por isso fui pesquisar. Postei aqui um vídeo que explica sobre o assunto. Pois tenho certeza que existem muitas pessoas que não sabem o que significa O Carnaval.

 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Grilo, Biscoito, Gi e Jô. Todas em uma só!

                                                    Tunts, tunts, tunts, tunts, tunts
- Ah, oi! Me desculpa! Não ouvi você me chamar. Prazer, o meu nome é Giovanna.
Como eu moro em apartamento, fico sozinha o dia inteiro, por isso gosto de ouvir música alta. Gosto de todo o tipo de música. Pagode, rock, axé, MPB, sertanejo universário, e até xuxa se deixar! - Tá, é brincadeira! rsrs
Amo assistir programas e vídeos de humor, o Marco Luque é meu preferido.
Já li vários livros, e até madruguei lendo um. Vou levar ameus pais à falência! Ganhei onze livros e só falta um pra eu ter lido todos (meus amigos me chamam de E.T, quer dizer meus antigos amigos).
Adoro fazer amizades, e saber de tudo. Porque quando a área não é minha, me sinto como uma baleia no deserto! Totalmente perdida. Então as vezes pareço anti social, o que na verdade, eu estou roxa de vergonha por dentro. E a minha cara não ajuda muito, porque com esse bendito nariz empinado, o povo acha que eu sou muito nojentinha (uma coisa que particularmente eu também acho. Mas só a aparência!)
Os meus antigos amigos (a maioria garotos), porque eu prefiro eles que são mais verdadeiros, não tem intrigas e falsidades como as meninas, diziam que jamais conversariam comigo antes de me conhecer. Aparência ajuuda as vezes né?!
Mas não importa, foram com essas pessoas que eu passei os melhores momentos da minha vida. Foi por causa deles, as coisas que eles me ensinaram, todos os motivos que eles me deram pra sorrir, todas as vezes que a gente cantava junto ao violão, e todas as vezes que a gente se juntava pra não fazer absolutamente nada, que me tornaram o que eu sou hoje.
Pessoas podem sair da nossa vida, mas sempre deixam marcas. 
Sou uma mistura de todos. De patricinha que aama moda, até a rockeira e a caipira. Depende do meu humor, e do seu ponto de vista.
Sou um E.T adolescente, em plena transformação. Espero que eu faça amigos, com o mesmo valor dos outros. Para que eles possam deixar marcas na minha vida.
Meu nome é Giovanna, e a minha história continua.

Obs: Leia com entusiasmo, faça textos com as primeiras idéias que lhe vier, perca a timidez. Isso vai gerar consequências que te farão feliz. Pode confiar!(8

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Enquanto penso, tanto entendo que é mais fácil não pensar .

Estava assistindo Globo Repórter, uma matéria sobre o amor. E cada vez mais me certifico que somos todos hipócritas.
 Garotas não demonstram. Acho que por medo de se expor, de parecerem atiradas, ou até mesmo por vergonha.
 Garotos não falam. Medo de levar um fora, de parecer ridículo, de não ser correspondido, sei lá. 
 Reclamamos de tudo e julgamos todos, mas ninguém gosta de ser julgado.
 Homens e mulheres são difíceis, cada um com seu jeito. Não adianta discutir.
Quem é que tem coragem de gritar ao mundo que ama determinada pessoa? Poucos tem essa coragem. Ou é só em filmes que isso acontece?
 Todos tem medo do ridículo, todos tem medo do julgamento.
Criticamos tanto pessoas falsas, mas quem é que nunca fingiu que gostou de um presente horrível? Quem é que nunca foi simpático com uma pessoa só para manter o social?
Pode deixar que eu mesma respondo. Ninguém!
Já mentimos sim, e mentimos sempre. Mesmo que seja por um motivo bom. É assim que o mundo funciona. A maioria das vezes quem fala o que pensa é louco, ridículo ou mal educado. O que eu acho mais feio ainda, é falarmos algo que não pensamos. É fingir que gostamos de algo, só para se sentir "do grupo".
No fundo somos todos hipócritas loucos. Todos somos bregas por dentro. Gostamos de alguma coisa, mas só expomos nossa opinião quando dizem que é legal, que está na moda. 
As pessoas que mais julgam, são as pessoas que mais merecem julgamento...
Então seja idiota! Fale o que você pensa com uma dose de humor. Sorria e, ame mesmo. Sem medo de se expor ao ridículo. O máximo que as pessoas podem fazer é te julgar pelo que ELAS acham certo. 
Um dia a vida passa, as pessoas passam, o amor passa, e você não poderá fazer tudo o que sonhou mais.
Seja feliz, e descubra o bem que viver a vida faz!