terça-feira, 16 de março de 2010

Para compartilhar um segredo

 É tão difícil quando ninguém te conhece. Você não conhece ninguém. Quando as pessoas te julgam pelo que parecemos ser.
 Em um momento conhecemos tudo e em outro, conhecemos tão pouco.
 Nosso coração pede abrigo, mas ninguém se habilita a dar. Estão todos em sua casa com o seu cobertor, que importância terá um novato mendigo pedindo alento?
 A sombra da minha mão com o lápis sobre o sol, estou sozinha. Mais uma vez, com o sol me fazendo companhia. Meus olhos fecham porque ele está forte e do nada ele desaparece. Como nossas emoções, nossos sentimentos. Nossos amigos.
 Estudo, importante é. Mas o que adianta estudarmos para sermos infelizes?
 A inteligência nada vale, se não termos com quem compartilhá-la.
 Mais um texto extraído desse mesmo local, desse mesmo lugar. Desse mesmo. Sentimento.
 Mas enquanto eu estou aqui me preocupando com as pessoas, elas sequer lembram que eu existo. Ou não.

Um comentário: