domingo, 6 de junho de 2010

Obrigação #

 - Ah, qual é? Para com essa história de: "Faça um texto descritivo, um narrativo, um dissertativo". Ninguém merece, né ?
 Os melhores textos vem do nada com, as vezes, apenas uma frase. Não adianta querer nos obrigar a escrever um texto que a gente não quer. Na verdade, não nos obrigue a fazer nada que nós não queremos.
 - Podemos no mínimo, deixar a nossa imaginação fluir sobre o que quizermos?
 "Não!"
 A resposta é sempre não, não e não!
 - Então eu vou ler a saga Crepúsculo. 
 "Não, você não pode ler a saga Crespúsculo. Você tem que ler a poesia do fulano de tal"
 - Mas eu não gosto. Não é o meu tipo de leitura...
 - Blá blá blá blá
 Mas que saco! Parem de querer nos obrigar a fazer coisas que não queremos! Até ler e escrever pra quem não gosta é um martírio, imagine tendo um tal de tema a qual seguir...
 Pensem em nós adolescentes uma vez na vida e percebam, que quando fazemos por obrigação só fazemos, dando o mínimo de nós. Só fazemos para não ter que ouvir vocês dizerem que não fizemos.
 E sim. Escola é um saco, as vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário