terça-feira, 26 de outubro de 2010

Insonia

   
 O dia está claro e tranquilo, o sol quase não saiu e ouço os passarinhos cantarem.
 Deitada na cama a essa hora da manhã, sem sono, me pego sorrindo e minha mente focaliza em alguém, então percebo que ainda tenho um coração aqui dentro de mim.
 As batidas, parece que perceberam que eu estava prestando atenção nelas e foram ficando cada vez mais rápidas e fortes. Um trabalho cansativo e repetivo, o mais importante trabalho do mundo. Eu ainda não consigo entender como nosso coração é um órgão irracional.
 Meu peito dói ao lembrar você, acho que é muito peso e dor para um só coração,  não sei o motivo. Porém sei que você está dentro de mim e isso já é o bastante para eu me sentir melhor, mesmo contra a minha vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário