segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Não precisa ser perfeito.

 Eu queria poder um dia amar, queria alguém que me ame de verdade, que faça loucuras por mim, que me fizesse rir só por me fazer olhar em seus olhos, que tornasse a minha vida uma eterna comédia romântica. Eu poderia esperar por anos, que fosse uma eternidade se precisar para poder viver em um só momento que for, alguma coisa verdadeira. 
 Não precisaria ser a pessoa mais inteligente do mundo, nem a mais bonita. Não precisa ser como os caras maravilhosos dos filmes, bastaria ser metade deles, por dentro. Não teria que ser super forte e do tipo "corajoso", mas ser tão gentil a ponto de ter um super-herói dentro de si. Ou um vilão, quem sabe. Eu não exigiria que estivesse de bom humor todos os dias, mas que me confortasse quando eu precisar. Não me interessa se fosse alto ou baixo de mais, eu só queria um coração que fosse do tamanho do mundo. 
 Nem me importaria se fosse chato ou um pouco arrogante, desde que me deixasse rir da cara de bravo... Queria que lesse a minha história e não conseguisse parar mais, que olhasse as estrelas junto comigo, que não tivesse vergonha de ser romântico mesmo sendo um fracasso total.
 Para falar a verdade, tudo o que eu descrevi é apenas ilusão. Sonhos que nunca, passarão de sonhos.
 Eu não tenho preferências físicas ou de numeros, pois não está faltando homem no mundo. Está faltando amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário