segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Qualidade supera

A frustração pelo o que as pessoas me causam me deixam com nó no estômago. Devo estar tão vazia por dentro que elas nem me veem mais, ou tem tantas coisas mais importantes para fazer que preferem fingir que eu não existo. Já não dou importância para as palavras sem sentido que saem dessa boca, pois sou madura o bastante para não ligar. Promessas e consolos entram por um ouvido e saem pelo outro, palavras como: "eu vou estar sempre com você" "eu te amo muito" "sempre que precisar" são só dividas não pagas, palavras jogadas ao vento. As pessoas escrevem coisas bonitas a todo momento, para que quando você as leia acredite que são sinceras, porém na maioria das vezes esquecem o que elas próprias escreveram, e quando chega a hora de cumprir o que prometeram ou apenas fazer metade do que disseram, te olham com olhar de desdém como se dissessem: "você não achou mesmo que fosse verdade não é?".
A gente se ilude com conversas diárias e risadas atoa, com abraços e alguma ajudinha por ai, mas se esquece que pessoas sinceras e leais são raríssimas e até mesmo nós que julgamos tanto a falsidade já mentimos alguma vez na vida. Ninguém confia inteiramente em alguém, pois a maioria não confia nem em sim mesmo. Esperamos que todos sejam amigos, mas se esquivamos quando o problema não é nosso. Confiamos primeiramente em uma carinha bonita que acabou de chegar, do que em seu amigo que esteve ao seu lado o tempo todo.
"Eu vou colocar o que eu sinto, e cada um vai colocar o que sente." Só depende de você.
Descobri que não precisa ter segredo nenhum, regra nenhuma. O ferro e o imã, é assim que funciona. O ferro não precisa ser bonito, só precisa ter qualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário