segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Não é proibido

 - Uhuuu! Olha, é só correr com os braços bem abertos! Finge que é um avião!
 - Para de gritar!
 - Não estou gritando, estou elevando a minha voz...
 - Para com isso!
 - Ah, vamos correr! Oloco, eu madruguei essa noite e estou mais rápida que você! RAAWN haha
 - Para com isso. Eu estou passando vergonha!
 - Vergonha por que? Sou alguma espécie de anormal?
 - Parece. Você está toda descabelada!
 - Edaí? Ninguém me conhece. Não devo nada pra ninguém! uhuuu
 - Para!
 - Ah, só porquê eu sou feliz?
 - Não, porque você está correndo com os braços abertos fingindo que é um avião!
 - Isso é só um detalhe!
 - Você está ficando louca?
 - Sim! Mas eu sei que você me ama do mesmo jeito!
 - Ei, garota! É proibido ficar gritando aqui, sabia?
 - Não, é proibido a partir do momento em que não está bom para você. 
 Eu tenho o maior medo, dessa coisa de ser normal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário