terça-feira, 15 de março de 2011

Erros constroem pessoas .

O meu erro é ser bondosa demais e esperar a mesma coisa das pessoas. É achar que o mundo é justo e honesto. É amar demais, o que pode até não ser um erro, mas que sempre acaba me machucando. É ter coração frágil. É  me iludir com palavras e gestos, sendo que os dois podem ser fakes. É acreditar em coisas que eu jamais serei capaz de fazer. É ser masoquista e ir atrás de uma coisa que eu sei que só me fará mal, mas que por uma irracionalidade de momento define coisas eternas. É apoiar o que eu não deveria. É ficar parada no tempo, lembrando só o que me convém. É ser sensível demais e não conseguir esconder isso. É ser óbvia demais. É mentir mesmo com o nó na garganta. É prometer sabendo que não serei capaz de cumprir. É esconder o que eu sinto por puro medo e deixar de viver.
 É escrever tudo o que eu penso e sinto para milhões de pessoas verem, como se eu estivesse expondo meu coração e cérebro num museu e adorando as visitações. O que não é totalmente verdade.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Máscaras .

 É uma ansia que vem do peito, como se o seu coração quizesse vomitar aquele sentimento que te faz tão mal. Mas não consegue, isso é o pior.  Não adianta lutar, culpar a si mesma, fazer o que for possível para esquecer, é um sentimento que chega sem avisar e não tem data para partir.
 Porque quando você está perto minhas boxexas coram, minha mente não fica em paz, o meu coração bate mais forte, meu corpo treme inteiro e as benditas das minhas palavras não saem como eu quero.  Seu cheiro se tornou o melhor do mundo, o que antes passava despercebido. Um cheiro que me deixa eufórica, me causa reações estranhas e que eu sinto assim, sem nem ter você por perto.
 Seu olhar é pilantra e me rouba sorrisos toda vez que encontra com o meu, cada gesto paralisa em minha memória como se você fosse desaparecer a qualquer momento e eu necessitasse lembrar de cada detalhe seu para seguir em frente, suas palavras são conforto para os meus ouvidos mesmo que sejam insignificantes.
 Não me importo em aprender tudo, não me importa ter que te ensinar e reensinar várias vezes,  desde que esse momento dure o maior tempo possível. O que me incomoda saber, é que você me faz esquecer o quanto eu estava brava com um simples sorriso que você me dá, e isso faz desmoronar todo o meu orgulho de garota decidida.