quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Recado para a vida: parte II

 E ai, gata?! Como você está? Não precisa responder não, foi retórico, eu sei que você está ótima! Eu te disse que ia te dar mais atenção e aqui estamos nós, mas QUE atenção, hein. Passamos por bastante coisa, né vida... E você nem é louca de reclamar.
 Algumas coisas ainda são difíceis de aceitar, outras, de lidar, mas fico feliz em conversar com você de novo, vida. Fico feliz pelas suas progressões, pelas pessoas maravilhosas que você realocou no cenário e pelos atores indiferentes que tirou. Acredito que a peça será mais valiosa agora.
  Sei que sempre digo isso, mas é impossível ignorar o fato de que você continua me surpreendendo. A única coisa que não mudou nesses 20 anos é a sua má sorte em aniversários, porque de resto, minha amiga... É cada coisa boa que aparece!
   Espero que você esteja se divertindo, vida. Espero mesmo, é o mínimo que você merece depois de tanto perrengue e renuncia. Tudo bem se não der para gente conversar tanto assim, desde que você continue com seus projetos voluntários, com sua horta e todas as coisas que te fazem feliz.
   Mas te digo uma coisa, te cuida, vida! Não esquece. E se você esquecer, volta aqui para eu te lembrar de todas as coisas boas que já fez. Escreve para mim. Eu sempre vou estar com você.

Abraços!

att. (agora você é adulta acadêmica, é bom usar isso aqui)

Nenhum comentário:

Postar um comentário